Últimas Notícias


Dia 07/02/2012

PROGRAMA ACESSA ESCOLA

O programa do Governo do Estado de São Paulo, desenvolvido pela Secretarias de Estado da Educação, sob a coordenação da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), tem por objetivo promover a inclusão digital e social dos alunos, professores e funcionários das escolas da Rede Pública Estadual. Por meio da Internet, ele possibilita aos usuários o acesso às tecnologias da informação e comunicação para a construção do conhecimento e o fortalecimento social da equipe escolar.

O aluno do Ensino Médio que realiza o estágio recebe uma bolsa no valor de R$ 340,00 e auxílio transporte, por um período de 4 (quatro) horas diárias.

Os estagiários atendem aos usuários das salas de informática, atuando como facilitadores, tirando dúvidas, fazendo sugestões de atividades e estimulando o uso dos recursos do Programa como: rede de projetos, navegação nos sites, links interessantes, atalhos pedagógicos para a realização de pesquisas temáticas, entre outras, cadastramento de usuários, elaboração de relatórios, acompanhamento do desempenho das salas de informática, bem como auxílio à direção da escola a fim de fornecer, para a FDE, informações sobre o parque tecnológico da própria escola.


Esta Diretoria de Ensino possui um estagiário com deficiência auditiva, o que não o impede de interagir com os demais usuários da E. E. "Benedita Pinto Ferreira".

Dia 06/02/2012

Escola Áurea Moreira Rachou entrega os Kits escolares.











Dia 03/02/2012

Aluna e professora da escola Profª. Aurea Moreira Rachou foram selecionadas para programa de saúde do Governo do Estado

Aluna do 6º ano, Loiane Gonçalves dos Santos,da Escola Aurea Moreira Rachou com sua professora Mariana Cristina Blaia, selecionada no Projeto Saúde Bucal " Mostre o seu sorriso e o seu talento", realizado pelo Conselho Regional de Odontologia de São Paulo e Governo do Estado de São Paulo.

SSS
SSS

 

Dia 15/12/2011

    Escola Ismael Iglesias realiza 8º Caiaquerê

    A Escola Estadual Ismael Iglesias realizou o 8º Caiaquerê – descida no Rio Juqueriquerê da ponte até a foz em caiaques, participaram os alunos pais e a comunidade do Bairro Barranco Alto.
    O evento é uma das ações do Projeto “Juqueriquerê ...o rio pede socorro”, desenvolvido desde 2003 com o objetivo de conscientizar os alunos e a população da importância da conservação do meio ambiente.

 
 

 

 

Dia 13/12/2011

    Diretoria de Ensino de Caraguatatuba promove curso de educação inclusiva aos finais de semana.

    A Diretoria de Ensino da Região de Caraguatatuba por meio da Oficina Pedagógica promoveu o curso “Currículo Adaptado para Alunos com Necessidades Educacionais Específicas” de 17 de setembro a 10 de dezembro deste ano.
    O curso foi organizado e desenvolvido na modalidade presencial pelos professores coordenadores da oficina pedagógica, cada um em sua disciplina.
    A Oficina Pedagógica sentiu a necessidade de um curso que possibilitasse a reflexão e ações para subsidiar a prática docente, oportunizando o conhecimento e os procedimentos metodológicos para adequar os conteúdos do currículo básico do Ensino Fundamental e Ensino Médio às necessidades educacionais especiais.
    Os conteúdos temáticos foram distribuídos em dez módulos em Oficinas ( Leitura, Histórias para Surdos, SOROBAN, Educação dos Sentidos, Cartografia Tátil, Educação Física Adaptada, Arte Inclusiva, Visitas Monitoradas ao Parque Estadual da Serra do Mar/Núcleo Caraguatatuba, Núcleo Ilha Anchieta, CEBIMAR (Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo) e a Pinacoteca do Estado de São Paulo.
    Ao final dos encontros os professores participantes receberam um Certificado de 80 horas.

 

 

Dia 08/12/2011

    Escola Estadual Dr. Eduardo Correa da Costa Junior inaugura Sala de Leitura e Homenageia professor Edson Santos da Silva

    A Escola Dr Eduardo inaugurou a sua Sala de Leitura e fez uma homenagem póstuma ao professor Edson Santos da Silva, que trabalhou na escola e Coordenou a equipe de Assistentes Técnicos Pedagógicos da Diretoria de Ensino de Caraguatatuba por vários anos. Formou se Mestre em Educação e lecionava nas Faculdades Módulo. Na Diretoria de Ensino foi responsável por vários projetos de sucesso, o último projeto a coordenar foi “O cinema vai à escola”; transcreveremos a reportagem do dia:
    “Os Professores-Coordenadores Pedagógicos de Ensino Médio juntamente com mais dois professores, sendo um de ARTE e outro de História ou Geografia de cada escola da rede foram os convidados para participarem desta OT que se realizou em dois dias: 26/02 (quinta-feira) para educadores de São Sebastião e Ubatuba, e 27/02 para os de Caraguatatuba e Ilhabela. Neste dia (sexta-feira) o Secretário da Educação de Caraguatatuba, Professor Laercio Albaricci, prestigiou o evento com sua presença acompanhado de seu assessor Prof. Antonio Cornélio de Morais Filho.
    Com muito “glamour” Professores- Coordenadores da Oficina recepcionaram os convidados vestidos bem à caráter. Assim, Marilyn Monroe (Janette), Charles Chaplin (Ludmila) recriaram um ambiente de cinema para falar da 7ª Arte...
Os Professores Edson Santos da Silva (ARTE) e Simone Regiane de Almeida     (GEOGRAFIA), responsáveis pelo evento, elaboraram uma pauta constando: na abertura um vídeo apresentando as equipes da CENP e FDE responsáveis pelo projeto. Em seguida, uma reflexão sobre a Linguagem Cinematográfica a cargo do Profº. Edson preparou os participantes para o vídeo “LUZ, CÂMERA... EDUCAÇÃO”.
    Dinâmicas de grupos com painel integrado, leitura e discussão do Caderno de Cinema 1(um) do professor, além de outras ações, marcaram mais uma capacitação-festiva e de sucesso da Diretoria de Ensino de Caraguatatuba através de sua Oficina Pedagógica”.
    A Escola desenvolveu este projeto para melhor atender as necessidades dos alunos que procuram um espaço para a leitura e a troca de conhecimentos específicos. Parabéns a equipe gestora, funcionários e professores por essa maravilhosa iniciativa!

 

 

Dia 05/12/2011

    Alunos de Caraguatatuba são premiados com publicação de Livro

    Os alunos do município de Caraguatatuba Rafaella Santana Arouca e Melissa Santana Arouca (Alcides de Castro), Márcia Cristina da Silva e Sarah Beatriz B Rangel(Ângelo Barros), Rafael da Silva Cassiano (Benedita Pinto), Mariana de Castro Rodrigues e Evelyn Nunes de Souza (Ismael Iglesias) Maya Fernanda D. Macedo, Eliza Mayra M Tourino e Samantha Delfino (Mario Trombini), Miriam da Silva Vitor (Antonio A Bernardino) e Sandy Aniger Pontes Cavalhaes (Colônia dos Pescadores) foram premiadas com a publicação de suas produções de texto com o tema “O lugar em que vivo”. Esses textos foram escritos para a Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro. A Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Diretoria de Ensino da Região de Caraguatatuba realizaram esta premiação aos alunos caiçaras. Participaram deste ato a Dirigente Regional de Ensino Edina Paula Roma Teixeira, a Secretária Municipal de Educação Rute Maria Pozzi Casati, a Coordenadora da Oficina Pedagógica Sandra Cavalhaes, diretores, professores e pais da Rede Estadual e Municipal. Na entrega dos livros aos alunos o Prefeito municipal Antonio Carlos da Silva enfatizou a importância da parceria entre município e Estado.
    O livro foi escrito pela autora Mara Regina Rösler e tem como tema “Literatura Infanto Juvenil”
    A Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro, realizada pelo
Ministério da Educação e pela Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Cenpec – Centro de Estudo e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária, envolve professores e alunos de 5ª. a 9ª. Ano do Ensino Fundamental, e das três séries do Ensino Médio de escolas públicas de todo o país, na produção de textos nas categorias: poema, memória literária, crônica e artigo de opinião.

 

 

Dia 27/09/2011

    Professores do Litoral Norte participam de palestra sobre ‘Geografia Agrária’ com renomado pesquisador da USP

    Cerca de 50 professores da Rede Estadual e convidados assistiram à palestra do Professor Titular da Universidade de São Paulo - Ariovaldo Umbelino de Oliveira, nesta 5.ª feira, dia 22/09, na sede da Diretoria de Ensino Região de Caraguatatuba.
    O geógrafo especialista na área de agrária com um currículo extenso, tanto na área acadêmica como de apoio aos movimentos sociais, apresentou, ao longo de quase quatro horas, uma análise da formação da propriedade privada no Brasil, da questão agrária e da terra de estrangeiros no país.
    O professor Ariovaldo apresentou dados de sua recente pesquisa, ligada à distribuição de terra no país, coletados junto aos órgãos governamentais (INCRA, IBGE) e cartórios brasileiros, gráficos e mapas que contrapõem conceitos pré-concebidos e divulgados por alguns meios de comunicação, como exemplo, a internacionalização das terras da Amazônia brasileira. Em seus estudos, aponta que essa questão não é verdadeira. A publicação, ainda sem data definida de lançamento, será divulgada, gratuitamente, na internet.
    Segundo Simone Cuba, Professora Coordenadora da Oficina Pedagógica da área de Geografia, esse contato direto com um professor renomado da Universidade de São Paulo é uma grande oportunidade para aproximar as pesquisas científicas do currículo escolar.
    Alguns livros do professor Ariovaldo estão acessíveis à maioria dos docentes da rede nos acervos das salas de leitura das escolas estaduais, como, por exemplo: “O Campo do Século XXI: território de vida, de luta e de construção da questão social”; “Geografia de São Paulo1: representação e crise na metrópole”; e “Geografia de São Paulo 2: a metrópole do século XXI”, destacou a Professora Coordenadora.
    O palestrante demonstrou muito entusiasmo em saber que a sugestão da temática para a palestra surgiu dos próprios professores e do interesse no processo de formação, atualização e aperfeiçoamento profissional.

 

 

Dia 02/09/2011

    A Diretoria de ensino de Caraguatatuba abre inscrições para o Curso: “Currículo adaptado para alunos com necessidade educacionais específicas.”

    Local do curso:
        1. EE. Colônia dos Pescadores
        2. Instituições Culturais
    Público alvo:
        Professores de diversas disciplinas e áreas do conhecimento que atenda direta ou indiretamente os alunos com necessidades especiais da Rede Estadual de Ensino de Caraguatatuba.
    Período de realização:
        Sábados - de 17 de setembro a 03 de dezembro de 2011.
    O Curso contará com:
        • Oficina pratica de atividades adaptadas
            1. Deficiência: Conceituação, caracterização e implicações.
            2. Educação física adaptada
            3. Cartografia tátil
            4. Articulação entre as linguagens artísticas
            5. Educação dos sentidos
            6. Comunicação dos sentidos (Libras/Braile)
            7. Uso e Ensino do Soroban adaptado
            8. História adaptada para surdo
            9. Avaliação diagnóstica
        • Visita monitorada a uma Instituição Cultural em São Paulo
        • Visita monitorada ao Parque Estadual da Serra do Mar
        • Elaboração de sequência didática adaptada
    Observação:
        • As vagas oferecidas são limitadas
        • Retirar a ficha de inscrição com o Professor Coordenador Pedagógico, entregar devidamente preenchida na Oficina Pedagógica de Caraguatatuba.

Ficha de Inscrição

 

Dia 01/09/2011

    Feira das Profissões na Escola Estadual "Capitão Deolindo" em Ubatuba

    Na última quinta-feira, dia 25 de Agosto, a Feira das Profissões, na E. E. "Capitão Deolindo", agitou a juventude da região. Organizada pela professora de Língua Portuguesa, Sandra Mateus, a feira das profissões, agora, na sua quarta edição, foi um sucesso!
    O projeto envolveu quatro turmas do 2º ano do Ensino Médio e recebeu mais de 1.000 visitantes ao longo do dia.
    Várias escolas levaram seus alunos para que participassem do evento, tais como: Dr. Eduardo e Anglo/Módulo, localizadas no município de Caraguatatuba; Taba, Cooperativa Educacional e Dominique, localizadas em Ubatuba, além de grande participação da comunidade local.
    Os alunos receberam os visitantes em estandes, cada qual relativo a uma profissão, onde lhes eram fornecidas informações sobre carreira, salário inicial, campo de atuação profissional etc.
    Também houve desfile de moda infantil, apresentação da Banda Adrenados, palestras e mostras de filmes relativos às profissões de moda, música, fotografia e cinema, respectivamente.
    Parabéns à escola Deolindo e à todos que se empenharam para que esse grande evento fosse um sucesso!!!

 

Dia de Alegria, Sonhos e Emoções na EE Dr Eduardo C. da Costa Jr!

    Alunos do EF da EE Dr Eduardo Corrêa da Costa Jr., De Caraguatatuba, promovem momentos de emoção e encantamento na mostra de seus trabalhos “O livro na Mão do Aluno”
    Foi realmente um MIX de emoções: de Contos de Fada ,passando por Romance de Cavalaria, com descanso num Varal de Cordel, e por que não, num Repente, ou então num Poema...
    E onde tudo isso aconteceu? Na escola Dr Eduardo Corrêa da Costa Jr na mostra de trabalhos de LPT no encerramento do projeto “O livro na mão do Aluno”, elaborado com recursos do PRODESC - SE. Parabéns aos alunos do EF e seus professores!

 

 

Dia 29/08/2011

    Agita Galera na EE. Prof.ª Josepha de Sant’Anna Neves, em São Sebastião

    No período da manhã o professor de Educação física Reginaldo, com a participação de todos os professores do período, realizou uma serie de alongamentos com os alunos anos do Ensino médio (1A, 1B, 1C, 2A, 2B, 2C e 3A) e em seguida uma caminhada ao redor da Escola e posteriormente Competição de voleibol.
    No período da tarde, os professores do Ensino fundamental (7A, 8A, 8B, 9A e 9B) e médio (1D, 1E e 1F) orientados pelo professor de Educação Física Flavio Jose, realizaram diversas atividades voltadas ao resgate das brincadeiras infantis, como pula-corda, bola de gude, peão, arremesso de argolas, bambolê e danças.

 
 

 

 

Dia 19/08/2011

    Professores da Diretoria de Ensino de Caraguatatuba participam do Projeto “Bem vindo ao Teatro”

    Aconteceu nos dias 09 e 17 de agosto Orientação Técnica para os professores de Arte da Diretoria de Ensino de Caraguatatuba, onde eles participaram do Projeto “BEM VINDO AO TEATRO” em parceria com a FUNDACC e o “Teatro Governador Mário Covas",o objetivo principal do Projeto é a formação de público e a aproximação da população com o teatro e a cultura de modo geral.
    Os professores participaram de uma dinâmica, conheceram os bastidores, conversaram com os técnicos de som e iluminação, e também receberam orientações sobre as regras de utilização do teatro, como espaço pertencente ao Patrimônio Publico da Cidade.
    Com o intuito de enriquecer os momentos de aprendizado os professores foram divididos em dois grupos. O primeiro grupo que participou da Orientação Técnica dia 09 foi formado por professores de Caraguatatuba e São Sebastião, após a visita monitorada ao Teatro assistiram a uma peça encenada pelos alunos de Teatro das oficinas da FUNDACC. Enquanto que o grupo de professores de Ubatuba e da Costa Sul de São Sebastião que participaram dia 17 assistiram a uma palestra proferida pelo Artista Plástico e ex professor da Rede Estadual de Ensino”Ennio Ângelo Bertoncini”. Foram momentos de reflexão sobre a historia do ensino da arte na Rede Publica Estadual Paulista.
    Evania Escudeiro, PCOP de Arte, explicou que estas Orientações Técnicas foram realizadas com o intuito de oferecer subsídios aos Professores de Arte na orientação dos alunos em sala de aula, preparando-os como futuros espectadores, enfocando o aspecto cultural, educacional e comportamental, transformando o "Currículo Oficial" em "Currículo Real", a partir do desenvolvimento de situações de aprendizagem encontradas nos Cadernos de Arte, que privilegiam a articulação entre as linguagens artísticas, o patrimônio, a mediação cultural e o encontro entre arte e publico.

 

 

Dia 17/08/2011

    Fase Municipal da Olimpíada Escolar do Estado de São Paulo

    Caraguatatuba, através da Secretaria de Esportes e Recreação (SECER), está sediando a fase municipal da Olimpíada Escolar do Estado de São Paulo, realizada pela Diretoria de Ensino - Região de Caraguatatuba. A competição envolve os municípios de São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba, totalizando 34 escolas estaduais e uma média de 500 alunos do Ensino Médio.
    Nesta parceria entre estado e município, a Diretoria de Ensino entra com a organização dos Jogos e a logística de transporte e alimentação e a administração municipal oferece a estrutura física para a realização dos jogos.
    Segundo explicou o coordenador da Olimpíada, professor Nabil Awad, as categorias disputadas são Mirim e Infantil, nas modalidades Voleibol, Futsal e Basquetebol. “Só temos a agradecer a Secretaria de Esportes pelo apoio e estrutura, já que a cidade, além de sediar suas próprias competições municipais, também cedeu espaço para as disputas municipais de Ubatuba e São Sebastião, que poderiam ser feitas nos próprios municípios”, destacou o professor de Educação Física.
    Nesta semana terminam as fases municipais e a partir do dia 20 de agosto Caraguatatuba começa a sediar a fase Litoral, quando as cidades disputam entre si as melhores colocações.
    Nesta quarta-feira, 10 de agosto, o ginásio do Morro do Algodão é sede para as disputas de voleibol e basquetebol de times de Caraguatatuba e São Sebastião e na próxima sexta-feira, será definido quem representa o município sebastianense no Futsal.

 

 

Dia 15/08/2011

    Olimpíadas Escolares do Estado de São Paulo - Primeiro semestre em fofo: Dr. Esteves em ação no esporte

 

Dia 10/08/2011

    EE. Benedito Miguel Carlota promove Exposição: “A Pesca Artesanal no Litoral Norte Paulista”

    A E. E. "Benedito Miguel Carlota" em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Caraguatatuba, com as ONGs “Instituto Terra e Mar”, de São Sebastião, e “ACAJU”, de Caraguatatuba, realizaram, nos dias 05 e 06 de agosto, a exposição intitulada “A Pesca Artesanal no Litoral Norte Paulista”, exposição esta que mobilizou durante todo o dia 05, sexta-feira, os alunos do Ensino Médio e, no sábado, dia 06, a comunidade presente no entorno da Escola.
    Além da exposição de ervas da mesa caiçara, cartazes informativos e vídeos explicativos sobre a pesca artesanal, aconteceram jogos, oficinas de conscientização sobre a importância da preservação do meio ambiente (papel reciclado) e de artesanato utilizando conchas como suporte.
    A professora Shirlei Pacheco de Souza, do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Caraguatatuba, elogiou a parceria e a organização do evento por parte da Equipe Gestora e do Grupo de professores. Declarou, ainda, que estará realizando esta mesma atividade em outras Escolas da Rede Estadual Paulista jurisdicionadas a esta Diretoria de Ensino, com o intuito de despertar em nossos jovens o interesse pelo assunto, visto que muitos têm parentes, vizinhos ou amigos que ainda praticam a pesca artesanal.
    Jaqueline Castro Vieira, representante das referidas ONGs, elogiou a participação dos alunos nas oficinas de papel reciclado e de confecção de artesanato realizado pela artesã “Toninha das conchas”.
    O aluno Vinicius Soares Moreira, do 1º ano C, declarou que a oficina foi importante, pois ele aprendeu com facilidade a confecção de artesanato com conchas e viu, nesta ação, uma possibilidade de profissão e de, também, ajudar na renda familiar.
    A aluna Nilma Naiane Pereira Gomes, também do 1º ano C, achou interessante e importante participar de eventos como este na escola, pois isso foge do contexto da sala de aula.

 

 

Dia 26/07/2011

    Governador autoriza contratação de 5.400 monitores para o transporte escolar

    A Secretaria de Estado da Educação investirá R$ 304,5 milhões em convênios que beneficiarão 366 mil alunos da rede estadual em cerca de 600 municípios.
    O governador Geraldo Alckmin e o secretário de Estado da Educação, Herman Voorwald, assinaram, durante cerimônia realizada nesta quinta-feira (21/07), no Palácio dos Bandeirantes, convênios com cerca de 600 municípios paulistas para a contratação de 5.414 monitores e o fornecimento de transporte escolar a 366.870 alunos da rede estadual. Os contratos terão um investimento de R$ 304,5 milhões da Secretaria de Estado da Educação e uma contrapartida total de R$ 222,3 milhões das administrações municipais, somando R$ 526 milhões destinados ao serviço.
    O transporte dos alunos será executado pelas prefeituras, por meio de frota própria, empresa contratada, veículo fretado ou ainda fornecimento de passes escolares.
Do montante a ser repassado pela Pasta, R$ 46,2 milhões são destinados à contratação de monitores, cuja função é atender a alunos com idade inferior a 12 anos e com necessidades educacionais especiais que apresentem dificuldade de locomoção. Os pais terão de apresentar atestado médico para solicitar o serviço.
    “A presença de monitor é essencial para aprimorar o serviço de transporte voltado a alunos do Ensino Fundamental ou com deficiência. Nosso objetivo é proporcionar mais segurança e tranquilidade aos familiares dos estudantes da rede”, afirmou o secretário Herman Voorwald.
    Alunos beneficiados
    O transporte é destinado ao aluno matriculado e assíduo em escolas da rede pública indicadas pela Diretoria de Ensino local. O estudante deve residir na mesma cidade em que se localiza a escola. Os alunos com idade inferior a 12 anos deverão ser transportados por veículo fretado ou por ônibus da frota municipal com a presença obrigatória de um monitor, salvo nos casos em que os responsáveis autorizem a utilização do passe escolar. Os estudantes com idade superior a 12 anos completos no início do ano letivo serão atendidos por meio de passe escolar, desde que não haja prejuízo ao cumprimento do horário de entrada e saída das aulas.
    Atribuições das partes
    O convênio estabelece que a Secretaria de Estado da Educação deverá acompanhar o trâmite administrativo para assinatura dos convênios; elaborar minutas dos termos dos convênios e repassar os recursos para a execução do serviço, de acordo com os artigos 3° e 4° da Resolução SE-28, publicada em 12 de maio de 2011 no “Diário Oficial” do Estado.
    As Diretorias Regionais de Ensino ficarão encarregadas de designar um gestor e um cogestor para os convênios. O cogestor será responsável pelos dados cadastrais de transporte, por indicar um responsável pela instrução processual e por definir um responsável pelo pagamento do serviço prestado.
    Já as unidades escolares irão cadastrar o endereço do estudante e preencher os dados relativos ao transporte escolar no sistema de cadastro de alunos da Secretaria e do Centro de Informações Educacionais (CIE). Ficará a cargo das escolas também indicar o aluno beneficiário de transporte e enviar o atestado de execução do serviço à Diretoria de Ensino correspondente até o 5º útil do mês subsequente.

 

 

Dia 21/07/2011

    Governador lança Programa Rede Ensino Médio Técnico

    O lançamento foi nesta segunda-feira (11/07), no Palácio dos Bandeirantes, com a presença dos secretários da Educação e do Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia
    O programa conta com parceria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo e do Centro Paula Souza
    A iniciativa começa neste ano, por meio de chamada pública, em 155 municípios paulistas com população acima de 40 mil habitantes
    Nesta segunda-feira (11/07), o governador Geraldo Alckmin deu um passo importante para o acesso dos jovens à educação profissional. No Palácio dos Bandeirantes, aconteceu a cerimônia de lançamento do programa Rede Ensino Médio Técnico, que articulará a rede estadual ao ensino técnico. O programa será executado pela Secretaria de Estado da Educação em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) e com o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, além de outras instituições de ensino técnico que serão credenciadas mediante chamada pública a ser iniciada nesta semana. Somente para este ano, a iniciativa terá o investimento da ordem de R$ 60 milhões da Secretaria.
    “Em termos de Brasil, isso significará uma grandiosa contribuição de São Paulo para o desenvolvimento econômico em harmonia com a crescente inclusão do jovem no mundo do trabalho”, afirma o secretário de Estado da Educação, professor Herman Voorwald, que participará do evento.
    A cerimônia contou também com a presença do secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, da diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, e do reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), Arnaldo Augusto Ciquielo Borges.
    “A iniciativa vai reforçar as ações que o Governo do Estado já desenvolve para garantir o ensino técnico aos jovens, preparando-os para a conquista do primeiro emprego e o aproveitamento das oportunidades profissionais geradas pelo desenvolvimento econômico do Estado", declara o secretário Paulo Alexandre Barbosa.
    “Além de promover a inserção dos jovens no mercado de trabalho, essa integração melhora o desempenho dos alunos no Ensino Médio”, ressalta Laura Laganá. “Os estudantes passam a dedicar mais tempo aos estudos e criam uma intimidade maior com a aquisição de conhecimento, na medida em que transportam aquilo que aprendem em sala de aula para o universo de uma profissão”, acrescenta a educadora.
    Duas modalidades
A educação técnica profissional será oferecida em duas modalidades, uma, de forma concomitante, e outra, integrada ao Ensino Médio. Na modalidade concomitante, que terá início a partir de outubro deste ano, o aluno cursará o Ensino Médio na rede estadual e o técnico à parte, em uma das instituições de educação profissional que serão credenciadas pela Secretaria da Educação mediante chamada pública. Esse modelo será implantado nos 155 municípios paulistas com mais de 40 mil habitantes, que juntos somam 1,3 milhão de estudantes matriculados no Ensino Médio da rede estadual.
    Já neste segundo semestre, serão ofertadas 30 mil vagas. Os alunos matriculados na 2ª série do Ensino Médio das escolas estaduais deverão se inscrever em uma das instituições credenciadas, entre os dias 23 de agosto e 4 de setembro. Caso o número de inscritos supere o de vagas, os estudantes serão selecionados por sorteio.
    Na modalidade integrada, que terá início no próximo ano, a formação básica e o ensino técnico serão oferecidos em um único curso estruturado por uma equipe técnica formada por representantes da Secretaria, do Instituto Federal e do Centro Paula Souza. Poderão concorrer às vagas alunos matriculados na 1ª série do Ensino Médio das escolas estaduais selecionadas.
    Em 2012, somando as duas modalidades, serão oferecidas cerca de 100 mil vagas. A meta, até 2014, é alcançar 30% das matrículas no Ensino Médio articulado à educação profissional técnica de nível médio, beneficiando aproximadamente 450 mil estudantes.
    O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
    O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) é uma autarquia federal de ensino vinculada ao Ministério da Educação. Fundada em 1909, como Escola de Aprendizes Artífices, é reconhecida pela sociedade paulista por sua excelência no ensino público gratuito de qualidade. Durante seus 100 anos de história, recebeu, também, os nomes de Escola Técnica Federal de São Paulo e Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo. Com a recente transformação em Instituto, passou a ter relevância de universidade, destacando-se pela autonomia. Com a mudança, o IFSP destinará 50% das vagas para os cursos técnicos e, no mínimo, 20% das vagas para os cursos de licenciatura, sobretudo nas áreas de ciências e da matemática.     Complementarmente, continuará oferecendo cursos de formação inicial e continuada, tecnologias, engenharias e pós-graduação. O IFSP é organizado em estrutura multicampi e possui aproximadamente 15 mil alunos matriculados nos 25 campi divididos pelo Estado de São Paulo.
    O Centro Paula Souza
    Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o Centro Paula Souza administra Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos em parceria com prefeituras ou empresas, sob a supervisão de uma Etec –, em mais de 270 cidades paulistas. As Etecs atendem mais de 200 mil estudantes, no Ensino Médio e no ensino técnico, para os setores industrial, agropecuário e de serviços. Nas Fatecs, cerca de 50 mil alunos estão matriculados nos cursos de graduação tecnológica.
    Calendário 2011
    23 de agosto – Publicação da relação das instituições credenciadas e respectivos cursos técnicos
    23 de agosto a 4 de setembro – Inscrição dos alunos candidatos
    5 de setembro – Sorteio de vagas
    6 de setembro a 13 de setembro – Matrícula dos candidatos sorteados
    14 de setembro a 20 de setembro – Matrícula dos excedentes
    A partir de outubro – Início das aulas

 

 

Dia 27/06/2011

    Escola Colônia dos Pescadores entrega certificados aos alunos do curso de libras

    Neste sábado, dia 25 de junho, foi realizada a entrega dos certificados aos alunos que concluíram o curso de LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais) no PEF (PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA) do Colônia. O curso teve seu início em março deste ano, promovido pela universitária (de pedagogia) e presidente da Associação Libras Litoral Norte, Thays Marques de Oliveira, que ensinou o conteúdo básico da língua de sinais aos alunos, das mais variadas faixas etárias e profissões, que participaram do curso.
    As aulas também tiveram o apoio de pessoas na condição de surdo, ensinando de forma prática o convívio e o método correto de se gesticular no momento em que se expressa, alguns vídeos e filmes foram passados ao longo do curso bem como ensaios de músicas e o próprio hino nacional.
    Ao término do curso, neste ultimo sábado, com duração de quatro meses e 40 horas de aulas presenciais, os alunos do curso de LIBRAS do PEF – Colônia, foram prestigiados com um certificado de conclusão que lhes garante o nível básico do curso, podendo este, ser de grande utilidade em realizações profissionais futuras.

 

 

    Alunos participam do Projeto “Bem vindo ao Teatro”

    As Escolas E. E."Dr. Esteves da Silva", E. E. "Antonio Alves Bernardino", E. E. "Colônia dos Pescadores" e E. E. "Maria Ester das Neves Dutra Damásio", jurisdicionadas por esta Diretoria, iniciaram, no dia 24 de maio, a participação no Projeto “BEM VINDO AO TEATRO” oferecido pelo Teatro "Governador Mário Covas", o qual apresenta como objetivo principal a formação de público e a aproximação da população com o teatro e a cultura de modo geral, apresentando os bastidores e preparando os alunos como futuros espectadores, enfocando o aspecto cultural, educacional e comportamental.
    Evania Escudeiro, PCOP de Arte, explica que o trabalho sócio-educativo é fundamental para criar, nos alunos, o hábito de frequentar espaços teatrais assiduamente, bem como efetuar a mediação cultural do aluno, que volta, posteriormente, ao teatro com a família.
    Destaca, também, que esta parceria foi firmada com o intuito de iniciar o desenvolvimento nas escolas que integram esta Diretoria de Ensino com relação ao Projeto "Por Trás da Cena", utilizando o material encaminhado pela CENP, em 2010, orientando e oferecendo subsídios às escolas, que possuem “Grupos de Teatro” atuantes no espaço Escolar.
    Os alunos, através da visita monitorada, tiveram acesso aos bastidores, camarins, bilheteria, sala de administração, oficina de dança e receberam orientação dos técnicos de iluminação e som, transformando o "Currículo Oficial" em "Currículo Real".

 

 

    Literatura de Cordel - Sala de Leitura

    A Escola “Profª. Aurelina Ferreira” de Ubatuba realizou no dia 18 de junho/sábado a exposição dos trabalhos da Sala de Leitura onde os alunos puderam contemplar as diversas produções de cordel, orientadas pelas Professoras Marinete, Dora e Sandra. Durante o período da manhã as crianças leram os poemas: (Antologia Poética) O Retrato do Sertão- Patativa do Assaré Maria Gulora, Quem é Você? – Cora Coralina, Literatura Contemporânea, em ritmo de RAP representando o Cordel, entre outras atividades como: Oficinas de HQ, Jogos Pedagógicos, Teatro de Bonecos, Concurso de Cartas com premiação para as melhores produções e Técnicas de Xilogravura para Capas.
    Ao final do período como parceira cultural da escola/ Projeto de Trabalho “Orientação para grupos teatrais” Ademar Guerra.
    Título: “A arte dos folguedos – diálogos com o teatro de animação”
Proponente: Cia Fulô Teatro de Animação Ubatuba – SP, gentilmente finalizou o evento com a Dança do Boi, onde os expectadores puderam interagir com o grupo.
    - “Foi uma manhã de sábado agradável, cheia de informações culturais para quebrar a rotina da semana!”, disse a Professora de Historia, Fabiana.

 

 

Alunos da EE. Dr. Gabriel Ribeiro do Santos em Ilhabela visitam exposição de esculturas na Praia do Saco da Capela.

    Após a visita ao MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba – “Projeto Lugares de Aprender” A professora de Arte Ana Rosa Cardial da EE. Dr. Gabriel Ribeiro do Santos em Ilhabela ampliou seu trabalho levando os alunos à exposição permanente das Esculturas de Aço do artista plastico "Gilmar Pina" instalada na Praia do Saco da Capela em Ilhabela, explorando outros “Lugares de Aprender” que existem em sua comunidade.
    Os alunos participaram de uma pequena expedição cultural, da escola até a praia e tiveram a experiência de observar, registrar e perceber as possibilidades de criação artística, transpondo a visualização do tridimensional (esculturas) em registros bidimensionais (desenhos).
    A professora explicou que esta atividade com os alunos do 1º ano do Ensino Médio surgiu da necessidade de desenvolver e ampliar aulas diversificadas e estimulantes despertando o interesse dos alunos pelos espaços culturais existentes na Cidade.

 

 

Dia 14/06/2011

    A Diretoria de Ensino mais uma vez é parceira na organização, implementação e execução do Fórum de Educação Ambiental do Litoral Norte.

    A Diretoria de Ensino mais uma vez é parceira na organização, implementação e execução do Fórum de Educação Ambiental do Litoral Norte. Nossas escolas apresentaram trabalhos fantásticos, apresentações maravilhosas, e nossos alunos foram um exemplo de disciplina e motivação.

 

 

Dia 30/05/2011

    Alunos da Diretoria de Ensino Região da Caraguatatuba tem aula de Arte na praia do Massaguaçu em Caraguatatuba.

    A Professora de Arte Marilena José Guimarães da EE. Benedito Miguel Carlota possibilitou aos alunos do Ensino Médio momentos ricos de aprendizado além dos muros da escola. A aula de arte aconteceu na praia, com a proposta de articular teoria e prática e de enriquecer o currículo comprometido com o seu tempo, os alunos tiveram a oportunidade de ampliar seu repertório pessoal através de uma pequena expedição cultural até a praia do Massaguaçu. Com o olhar atento registraram através de desenhos fragmentos de seu entorno, mobilizando a consciência de preservação ambiental. Para também incentivar o trabalho dos alunos a professora Marilena sorteou uma camiseta para o melhor desenho. O material produzido fará parte de uma exposição que será apresentada no FORUM REGIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL nos dias 08 e 09 de junho de 2011, que tem como tema deste ano “Água e lixo o que eu tenho a ver com isso”.
    Segundo Evania Escuderio PCOP de Arte são iniciativas como esta que aumentam a auto-estima do aluno, fortalecem o vinculo professor e aluno e transformam o Currículo Oficial em Currículo Real.
    Destacou também a importância da Equipe de gestão da Escola no incentivo e respaldo oferecido à professora para realização da atividade, acreditando que existem vários “Lugares de Aprender”.

 

 

Dia 27/05/2011


    Projeto Lugares de Aprender é um sucesso na Diretoria de Caraguatatuba

    Nos dias 30 de março e 11 de maio aconteceram na Diretoria de Ensino de Caraguatatuba, as Orientações Técnicas dirigidas pela PCOP DE ARTE Evania Escudeiro, que contou com a presença de um Professor Coordenador e um Professor responsável pela visita ao MACC - Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba.O foco da Orientação foi à importância da parceria entre Coordenação e Corpo Docente para a qualidade do desenvolvimento do Programa .
    Os professores realizaram atividades de estudos dos Cadernos de Subsídios para o Desenvolvimento de Projetos Didáticos do Ensino Fundamental e Médio, distribuídos pela FDE. Dessa forma, eles puderam planejar em conjunto ações para o trabalho pedagógico, que deve acontecer antes, durante e depois da visita. Além disso, participaram de uma oficina de confecção de material gráfico para divulgação e formação de publico.
    Ações estas que já apresentam resultados positivos. Segundo Francisca monitora do MACC. Que percebeu uma mudança no comportamento dos alunos, afirma que eles estão mais participativos e interessados, comparecendo as visitas pedagógicas munidos de roteiros de pesquisa e cadernos para anotações.
    Além da visita pedagógica ao MACC as Escolas estão realizando parcerias com os restaurantes da cidade oferecendo aos alunos uma alimentação de qualidade e a possibilidade de conviver socialmente visto que muitos de nossos alunos, nunca tiveram a oportunidade de almoçar ou jantar em um restaurante.

 

 

Dia 20/05/2011

    Diretoria de Ensino inicia ações de participações nos HTPCS das escolas estaduais

    Em continuidade às ações desenvolvidas pela Diretoria de Ensino de Caraguatatuba para Implementação do Currículo, visando melhoria na qualidade da educação, a Oficina Pedagógica, em conjunto com a Supervisão, organizou um Cronograma de Ações Pedagógicas priorizando as escolas de baixo índice no IDESP. Ações estas com foco em um dos princípios norteadores do Currículo: “Prioridade para a Competência da Leitura e da Escrita”.
    O acompanhamento as Escolas tiveram início nesta quinta-feira, 19 de maio, na HTPC (Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo) da Escola Estadual Maria José da Penha Frúgoli, em São Sebastião, com a oficina de leitura: "Trabalho com Texto em Sala de Aula" e "Experienciando o Processo de Leitura".
    Os professores realizaram atividades de análise das situações de aprendizagem de suas disciplinas. Dessa forma, eles puderam compreender melhor a concepção de leitura desenvolvida no Currículo Oficial do Estado. Além disso, a Orientação também contou com a presença das Supervisoras de Ensino Maria de Lourdes Pace de Barros, supervisora da referida Escola, e Lara Livinoff, supervisora responsável pela Oficina Pedagógica.
    A Dirigente Regional de Ensino, Profª Edina Paula Roma Teixeira, participou do encontro reforçando a relevância dessa ação sistemática desenvolvida pela Oficina Pedagógica, ressaltando a importância de encontros como esse para o fortalecimento do trabalho pedagógico em sala de aula e a importância de trazer a comunidade para compartilhar das dificuldades de aprendizado apresentada pelos educandos. A Srª Dirigente demonstrou entusiasmo perante a receptividade do corpo de professores e da equipe de gestão, e parabenizou o compromisso e a participação de todos.
    Segundo Simone Cuba, Pcop de Geografia, essa atividade buscou contribuir para a formação dos professores e para a elaboração de um ‘plano de ação’ com vistas à melhoria do nível de desempenho dos alunos, e, consequentemente, elevando os índices de desempenho e proficiência dos estudantes nas avaliações externas (SARESP, ENEM, Prova Brasil etc).

 

 

    Palestra sobre “Tráfico Humano” na Diretoria de Ensino de Caraguatatuba

    A jornalista Priscila Siqueira realizou, nesta Diretoria de Ensino, no dia 12/05, uma palestra aos Professores Coordenadores e Professores Mediadores do Litoral Norte de São Paulo referente ao importante tema: “Tráfico Humano”.
    Segundo Priscila Siqueira, “a definição aceita, internacionalmente, para “tráfico de pessoas” encontra-se no Protocolo adicional à Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional relativo à Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas, em especial, de Mulheres e Crianças (Palermo, 2000), instrumento já ratificado pelo governo brasileiro em 2003”, que reza “o recrutamento, o transporte, a transferência, o alojamento ou o acolhimento de pessoas, recorrendo à ameaça ou uso da força ou a outras formas de coação, ao rapto, à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade, à situação de vulnerabilidade, à entrega ou à aceitação de pagamentos ou benefícios para obter o consentimento de uma pessoa que tenha autoridade sobre outra para fins de exploração”. A exploração incluirá, no mínimo, a exploração da prostituição de outrem ou outras formas de exploração sexual, o trabalho ou serviços forçados, escravatura ou práticas similares à escravatura, a servidão ou a remoção de órgãos.
    Para Priscila, as causas principais são a falta de estruturas sociais e culturais e o tipo de globalização que vivemos, ou seja, “um processo civilizatório com pobreza, falta de condições de vida, enfraquecimento do Estado no processo neoliberal, dominação de um país pelo outro, guerras, desastres naturais, migrações. Outros fatores que fortalecem e agravam a situação são o machismo, o patriarcalismo, a discriminação de gênero, a discriminação etária, o preconceito racial e a xenofobia.
    Segundo o Relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), de 2005, “Uma Aliança Global Contra o Trabalho Forçado”, estimou em cerca de 2,4 milhões o número de pessoas traficadas para serem submetidas a trabalhos forçados. Segundo o documento, 43% dessas vítimas foram traficadas para exploração sexual e 32% para exploração laboral, 25% para uma combinação dessas formas ou por razões indeterminadas.
    O Departamento de Estado Americano estima que de 600 a 800 mil pessoas são traficadas anualmente. A ONU chega a falar em quatro milhões de pessoas.
Quanto Rende?
    Estima-se que o lucro das redes criminosas com o trabalho de cada ser humano, transportado ilegalmente de um país para outro, chegue a 13 mil dólares por ano, podendo chegar a 30 mil dólares no tráfico internacional, segundo o escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC).
Falava-se que o tráfico de pessoas seria a terceira atividade ilegal do mundo mais rentável, perdendo somente para o tráfico de armas e para o tráfico de drogas.

 

 

Dia 09/05/2011

    Prêmio Gestão Escolar está com inscrições abertas
    A ação visa estimular a melhoria do desempenho das escolas públicas
    Cadastros podem ser feitos até 17 de junho

    Estão abertas até 17 de junho as inscrições para a edição deste ano do Prêmio Gestão Escolar nas Diretorias de Ensino (DEs). A premiação visa estimular a melhoria do desempenho das escolas públicas municipais e estaduais e contribuir para que as unidades de ensino incorporem a cultura de autoavaliação do processo de gestão. Além disso, a iniciativa tem o objetivo de identificar e difundir as experiências inovadoras e bem-sucedidas na área.
    As escolas podem participar elaborando um dossiê, que deve apresentar sua autoavaliação, comprovada por evidências, e um plano de melhoria a partir desse diagnóstico. Os dossiês serão analisados por Comitês Regionais de Avaliação nas Diretorias de Ensino. Será selecionada uma escola por região. Depois, os trabalhos serão selecionados em nível estadual e nacional. O regulamento do Prêmio Gestão Escolar foi distribuído às Diretorias de Ensino da rede estadual e também pode ser acessado aqui.
    O Comitê Estadual de Avaliação é organizado pela Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (CENP), da Secretaria de Estado da Educação, com representantes de universidades, departamentos centrais da Secretaria e entidades de classe, entre outros órgãos. A escola indicada receberá o     Diploma Destaque Estadual em Gestão Escolar e a importância de R$ 6 mil. Além disso, o diretor da unidade vencedora participará de viagem de intercâmbio para os Estados Unidos.
    Além disso, a Secretaria oferecerá aos diretores das escolas classificadas entre as 2ª e 4ª posições uma viagem de estudos para uma capital de outro Estado brasileiro, com o objetivo de realizar visitas a escolas públicas que desenvolvem processos de gestão bem-sucedidos. Também serão premiados o supervisor responsável pelo Prêmio Gestão Escolar na Diretoria de Ensino da escola vencedora no Estado e o supervisor da DE com maior número de escolas inscritas.
    Dentre as escolas indicadas pelos Estados, o Comitê Nacional de Avaliação selecionará seis finalistas, que receberão prêmios de R$ 10 mil. A escola que for apontada como Referência Brasil receberá R$ 30 mil.
    O Prêmio Gestão Escolar é uma realização conjunta do Conselho Nacional de Secretários de Educação, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), do Ministério da Educação, da Fundação Roberto Marinho, da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, do Instituto Razão Social, do Grupo Gol, do Todos Pela Educação, da Fundação Itaú Social, da Gerdau e do Movimento Brasil Competitivo.

 

 

Dia 28/04/2011

    Inscrições para Projeto Bolsa Mestrado/Doutorado terminam na próxima terça-feira

    Projeto da Secretaria de Estado da Educação oferece bolsas de R$ 1.300 a R$ 1.600 para professores da rede estadual que desejam cursar pós-graduação stricto sensu

    Termina na próxima terça-feira (03/05) o prazo de inscrições para o projeto Bolsa Mestrado/Doutorado da Secretaria de Estado da Educação. O projeto oferece bolsas a professores da rede estadual de ensino que desejam cursar uma pós-graduação stricto sensu. O cadastramento deve ser feito no site http://bolsamestrado.edunet.sp.gov.br até o dia 3 de maio. Neste ano, são oferecidas bolsas de R$ 1.300 para mestrado e de R$ 1.600 para doutorado. Até o ano passado, o benefício mensal para ambos os níveis de pós-graduação era de R$ 790. O valor foi ampliado em 64,5% para mestrado e em 102,5% para doutorado. O projeto Bolsa Mestrado/Doutorado conta com R$ 4,5 milhões reservados no orçamento de 2011.
    “Estamos investindo na formação dos nossos professores, oferecendo uma ajuda financeira àqueles que desejam se aperfeiçoar. Com o incentivo, esperamos ampliar o número de docentes com mestrado e doutorado lecionando nas escolas estaduais”, disse o secretário de Estado da Educação, professor Herman Voorwald.
    Para participar, os educadores devem ter no mínimo três anos de atuação no cargo, ser efetivos e atender aos demais requisitos do projeto (confira lista abaixo). Aqueles que já estiverem cursando a pós-graduação também podem se inscrever. Nesse caso, receberão bolsa proporcional ao tempo de curso (sem efeito retroativo), com base no prazo de conclusão estipulado pela Secretaria, que é de até 30 meses para o mestrado e até 54 meses para o doutorado. Um docente que cursa o mestrado há 10 meses, por exemplo, terá direito ao benefício pelo período máximo de 20 meses.
    Outra novidade neste ano é a avaliação dos projetos por comissões de pareceristas nas 91 Diretorias de Ensino do Estado. Antes, a análise era feita por uma única comissão, centralizada na Secretaria. Com a mudança, o processo de concessão das bolsas será agilizado.
    Desde 2004, quando teve início o Bolsa Mestrado/Doutorado, 3.477 trabalhos foram inscritos e aprovados, dos quais 2.246 concluídos, dentre eles o do professor Mário Conceição Oliveira, titular da disciplina de física na Escola Estadual Maestro Fabiano Lozano, localizada na Vila Mariana, na Capital. Mário é efetivo na rede desde 2004, ano em que começou seu mestrado sobre interação em museus de ciências, na Faculdade de Educação/ Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP). “A bolsa ajudou demais. Sem o programa, seria muito complicado concluir o mestrado”, salienta o docente, que finalizou sua dissertação em 2007.
    Segundo ele, a experiência foi fundamental para sua carreira. “Hoje minha aula tem mais qualidade. Mudei a forma de interagir com os alunos, de lidar com as dúvidas e questionamentos. Também procuro passar a eles um pouco da rotina de pesquisa e estudo que vivenciei no mestrado”, acrescentou o professor.
    Para pleitear a bolsa, os professores devem atender aos seguintes requisitos:
    • ser titular de cargo efetivo;
    • ter sido considerado estável nos termos da Constituição Federal;
    • ser portador de licenciatura plena;
    • estar em efetivo exercício em unidade da rede pública estadual;
    • ter sido admitido como aluno regular em curso de pós-graduação, em nível de mestrado ou doutorado, reconhecido/recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), na disciplina do cargo ou em educação;
    • enquanto receber o benefício da SEE, não usufruir de nenhum tipo de bolsa para curso de pós-graduação de mestrado ou doutorado, concedida por órgão público;
    • não ter sofrido penalidade em procedimento administrativo disciplinar nos últimos cinco anos;
    • não se encontrar em regime de acumulação remunerada de cargos ou de cargo/função/emprego públicos;
    • estar distante da aposentadoria a pelo menos cinco anos, quando se tratar de curso de mestrado, e nove anos, para curso de doutorado.
    • autorizar no respectivo termo de compromisso que a SEE torne pública a íntegra ou partes do trabalho acadêmico produzido, renunciando consequentemente a qualquer reivindicação de direito autoral.

    Sobre o projeto
    O projeto Bolsa Mestrado/Doutorado integra o Programa de Formação Continuada de Educadores, da Secretaria da Educação, com a finalidade de propiciar aos profissionais da educação a continuidade de estudos em cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado).
    Para obter o benefício, o professor tem que firmar compromisso de que permanecerá no magistério público estadual, após a conclusão do curso, pelo prazo mínimo proporcional ao tempo em que o benefício foi recebido. As bolsas são concedidas para que os docentes possam fazer o mestrado ou doutorado em cursos reconhecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), na área inerente à disciplina do cargo exercido ou na área da educação.

 

 

    Educadores da Rede Estadual participam de palestra sobre Escola Moderna

    O especialista português Sérgio Niza falará na sexta-feira (29/04), na sede da Secretaria de Estado da Educação
    Diretores, professores-coordenadores e técnicos da SEE participarão do evento.

    A Secretaria de Estado da Educação, por meio da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (CENP), promove, nesta sexta-feira (29/04), dois encontros com o professor Sérgio Niza, diretor do Centro de Formação de Professores do Movimento da Escola Moderna, de Portugal. O especialista abordará o tema “Contextos Cooperativos e Aprendizagem Profissional: A Formação no Movimento da Escola Moderna”.
    Pela manhã, das 9h às 12h, a participação é exclusiva para aproximadamente 500 diretores e professores-coordenadores de escolas de todo o Estado de São Paulo. O evento será realizado no Teatro Fernando de Azevedo, na sede da Secretaria.
    No período da tarde, das 14h às 17h, a equipe técnica da Secretaria de Estado da Educação também assistirá à palestra, no Salão Nobre da sede da Pasta.

    Sobre o palestrante
    Sérgio Niza é membro do Conselho Nacional de Educação, em Portugal; professor emérito do Instituto Superior de Psicologia Aplicada e diretor do Centro de Formação de Professores do Movimento da Escola Moderna. Promove, desde 1964, inovação metodológica e formação de professores no âmbito da educação especial e da integração escolar e social de crianças e jovens com necessidades especiais de educação. Já publicou 28 artigos científicos em diversas publicações.

 

 

Dia 13/04/2011

    Dirigente Regional de Ensino recebe Título de Gratidão Caiçara da Câmara Municipal de Caraguatatuba

    Nesta terça-feira, dia 18 de abril a professora Edina Paula Roma Teixeira - Dirigente Regional de Ensino da Região de Caraguatatuba recebeu da Câmara Municipal de Caraguatatuba o título de “Gratidão Caiçara”, aprovado por unanimidade por todos os vereadores. A professora agradeceu o título e enfatizou o empenho e a responsabilidade que o mesmo incidirá sobre ela, que buscará por todos os meios possíveis possibilitar uma educação de qualidade a todas as escolas estaduais do litoral Norte de São Paulo.
    Nascida na cidade de Aparecida – São Paulo em 29 de setembro de 1967, Edina Paula Roma Teixeira, filha de Sebastião Teixeira Filho e Maria Edith Roma Teixeira é formada em História e Pedagogia pela Universidade Salesiana na cidade de Lorena, pós-graduada pela UNICAMP em Gestão Educacional, além de vários cursos de Programa de Educação Continuada que contribuem para sua gestão enquanto Dirigente Regional de Ensino atuante na área da Educação.
    Iniciou sua carreira pública como professora em 1991, foi Coordenadora Pedagógica e Vice Diretora de Escola. Em 2001 ingressou como Diretora efetiva na cidade de Ilhabela, na Escola Estadual Prof.ª Maria Gemma de Souza Oliveira.
    Durante sua gestão nesta escola demonstrou sua alta capacidade como educadora, reestruturou a unidade escolar com competência e qualidade dos trabalhos desenvolvidos à frente da equipe pedagógica que lhe rendeu o prêmio “Certificado de Referência em Gestão Escolar 2004”.
    Como resultado de seu empenho e profissionalismo Edina Paula Roma Teixeira assumiu o cargo de Dirigente Regional de Ensino em 2005 onde podemos notar todos os benefícios alcançados desde a reestruturação da Diretoria de Ensino, quanto nos índices alcançados no IDESP das escolas estaduais do Litoral Norte, ou seja, dos municípios de Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.
    Vale ressaltar também a sua dignidade e bondade enquanto pessoa que procura ajudar todos os que estão a sua volta. Está sempre disposta a resolver todo e qualquer problema relacionado aos alunos, as escolas ou ao ser humano.
Líder, lutadora, animada, enérgica, simpática, defensora; discute, age e não mede esforços no que diz respeito à formação do cidadão e a qualidade do ensino em nossa região.

 

 

Dia 13/04/2011

    XÔ DENGUE!!!

    Preocupados com a epidemia da dengue, direção, professores , alunos e funcionários da EE. Capitão Deolindo Oliveira Santos , organizaram o Mutirão de Limpeza, "Xô Dengue", que desde o dia 31 de março está sendo feita uma vistoria no entorno da escola, inclusive nos finais de semana com a parceria do Programa Escola da Família.

    O Projeto tem como objetivo, conscientizar a todas as pessoas que podemos combater o mosquito e minimizar os efeitos da dengue.

 

 

    Dia 31/03/2011

    EE. Antonio Alves Bernardino comemora Dia Internacional da Água

    Em comemoração ao dia Internacional da água e ressaltando a importância da conscientização dos alunos, a Escola Estadual Antonio Alves Bernardino convidou a comunidade para as apresentações de teatro, jogral e música. Em uma das apresentações de teatro, os alunos do 9º ano, dirigidos pela professora Cleide Rodrigues Pacheco, apresentaram a peça “A seca”, a qual relata a saída de uma família do sertão para fugir da seca, e que, quando chegam à São Paulo, ficam indignados com o uso abusivo da água. Foi uma linda apresentação que alegrou, motivou e conscientizou os alunos, os pais e a comunidade.

 

 

Dia 29/03/2011

    Secretário da Educação dá Exemplo de Democracia

    Em uma inciativa inédita na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, o secretário Professor Herman Voorwald realizou, nesta semana, em São José dos Campos, uma reunião de trabalho com os profissionais da rede estadual.
    A proposta inovadora apresentada por Voorwald foi a utilizada em grandes empresas – a Administração Participativa. A idéia principal desta metodologia de trabalho é ouvir coordenadores, professores e funcionários da rede e, juntos, encontrarem soluções para entraves e dificuldades do cotidiano das escolas estaduais.
    Essa nova proposta reconhece que, modelos prontos, estipulados de cima para baixo, não têm mais sucesso em nenhum segmento da sociedade e não poderia ser diferente com a Educação. Segundo o Secretário, “os profissionais da Rede têm grande potencial e sabem exatamente o que tem que ser feito para resolver seus problemas”. Afirmou também que a Rede, em sua totalidade – profissionais ativos e aposentados - não só participará da formulação das questões a serem melhoradas, mas também de sua gestão. Herman Voorwald valorizou, em seu discurso, a participação dos profissionais aposentados dizendo que “para a construção de uma instituição sólida, é necessário olhar para trás e valorizar pessoas que ajudaram a construir o que hoje está sendo consolidado”.
Na reunião, o Secretário também disse que, com essa iniciativa, o Estado de São Paulo presenciará uma nova maneira de gerir a educação e que, o momento é o mais propício possível para iniciar essa discussão, uma vez que, “a prioridade do Governador Alckmin será a Educação”.
    Um dos pontos apresentados por ele ao Governador foi a valorização do salário base, com a justificativa de que “pessoas fazem toda a diferença na educação”. Nas Universidades, por exemplo, o maior foco é a valorização dos recursos humanos. Por esse motivo, acredita que esse modelo seja adequado ao que será discutido, através do diálogo construtivo, de uma política salarial que dê dignidade aos profissionais da educação e a possibilidade de um plano de carreira que valorize o esforço pessoal dos mesmos. Ainda sobre o modelo utilizado nas Universidades, o Secretário Herman afirmou que, em sua gestão, “não haverá canetada”, a política que norteará sua gestão será a de discutir e votar propostas, como nos chamados “colegiados”.
    Ao ser questionado sobre salário, o Secretário informou que “daqui a alguns dias apresentará uma nova proposta de política salarial”, o que - fez questão de frisar – “é diferente de carreira funcional”.
Na reunião, o Secretário deixou a todos uma mensagem de democracia e otimismo afirmando que o momento é de “boas novas e que, juntos, mudaremos a escola do Estado”.

 

 

    Programa Escola da Família na Escola Áurea Moreira Rachou homenageia as mulheres.

    A Escola Estadual Áurea Moreira Rachou localizada no bairro “Sertão da Quina” em Ubatuba, homenageou as Mulheres, neste domingo, em virtude do “Dia Internacional da Mulher”, 08 de março, com uma linda festa para toda a comunidade, oferecendo ações na área da saúde: limpeza de pele, corte de cabelo, unhas artísticas, teste de glicemia e aferição da pressão arterial; e Atrações culturais: exibição de vídeos e homenagens as mulheres que fazem parte da história do “Sertão da Quina”.
    Entre as homenageadas estavam Ana Maria de Faria, Maria Luiza Tretin, Maria Gaspar de Oliveira, Dilma Cássia Nogueira, Silmara Nobre I. de Deus, que se sentiram lisonjeadas ao receber esta ação de reconhecimento. As mulheres são vistas como sinônimo de força e ternura para transpor os desafios do milênio.
    O evento teve sua abertura às 10 h com a fala da Educadora Profissional Gláucia C. Dias, que realizou sorteios de diversos brindes à comunidade. Contamos com a presença da PCOP do Programa “Escola da Família”, Janete Mara P. Ferraz, bem como dos Secretários e Vereadores do Município de Ubatuba. Adriana Leal, Gestora do P.E.F, afirma que: “ações como estas, feitas com tanta dedicação e envolvimento da comunidade escolar fazem com que o bairro se sinta reconhecido e valorizado”. Agradecemos a parceria de Bruno César - “Jovem do Povo”, membro da comunidade e um dos idealizadores do evento – outrossim, aos nossos professores, funcionários e colaboradores efetivos, que, com seu espírito de cooperação e solidariedade, fazem a diferença em nosso “Sertão”.

 

 

Dia 23/03/2011

    Secretaria promove Curso de Atualização em Libras

    Mais de mil professores devem participar de curso de qualificação em Língua Brasileira de Sinais, destinado aos alunos surdos e com deficiência auditiva. Regiões
A Secretaria de Estado da Educação promove a partir do próximo dia 31 o curso de atualização em Libras (Língua Brasileira de Sinais) – Ensino à Distância para professores da rede. O objetivo é colaborar com a renovação constante dos conhecimentos dos docentes e permitir, dessa forma, maior participação, interação e aprendizado de crianças e jovens surdos ou com deficiência auditiva. Pioneira desde 2008, na oferta de cursos à distância na modalidade, por meio do CAPE - Centro de Apoio Pedagógico Especializado, e em parceria com a Rede do Saber, a SEE investe na qualificação dos professores visando o uso e domínio da linguagem em Libras como ferramenta para garantir uma comunicação mais dinâmica e efetiva.
    O ensino de Libras foi instituído na rede pública por decreto em dezembro de 2002 (Decreto Nº 5.626, de 22/12/2005, regulamentado pela Lei nº 10.436, de 24/04/2002 e pelo artigo 18 da Lei nº 10.098, de 19/12/2000). Os desafios em oferecer aos alunos com surdez um ensino de qualidade e o acesso à comunicação, informação, cultura, arte, e ciência são grandes. Trabalhar pela formação e assegurar, em médio e longo prazo, o acesso também ao mercado de trabalho, dentro de uma perspectiva de educação inclusiva, é necessário e depende da capacitação adequada dos professores para este fim.
    Por tudo isso, a proposta da Secretaria é de ampliar a oferta de formação continuada aos docentes. O curso, 100% online, vai atender prioritariamente às Diretorias de Ensino com maior demanda e será gradativamente distribuída pelo Estado. Inicialmente está prevista a participação de 32 DEs na capital, grande São Paulo e interior, contemplando mais de 1.100 professores em exercício. O curso será ministrado fora do horário de trabalho, nos pólos da Rede do Saber correspondentes a cada região, e terá carga horária de 120 horas.
    Os professores Daniel Choi e Ricardo Nakasato, ambos docentes da PUC/São Paulo, serão os responsáveis pelas aulas. A equipe de Educação Especial da Diretoria de Ensino da Região de Caraguatatuba realizou um levantamento de demanda de professores interessados e obteve 26 professores que receberão o curso todas as 5ª feiras, das 8:00 as 12:00 horas, sob responsabilidade da professora Ida Cristina Dias dos Santos e a monitoria da professora Norma Batista de Oliveira.

    A professora Ida Cristina Dias dos Santos é formada pela Faculdade Integrada de Cruzeiro, pós-graduada pela UNITAU em Letras e Produção de Texto e é Professora Coordenadora de Oficina Pedagógica na Diretoria de Ensino da Região de Caraguatatuba.

 

 

 

 

Voltar